Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Slideshow > Mais notícias > Divisão de Ciências Atmosféricas do IAE apoia lançamento do ITACUBE
Início do conteúdo da página

01a IAE 1243 INTRA

No período da manhã do dia 23 de agosto de 2021, alunos do 4° ano do Curso de Engenharia Aeroespacial do ITA lançaram, em parceria com a Divisão de Ciências Atmosféricas (ACA) do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), um pequeno satélite, mais conhecido como cubesat, a 30km de altitude utilizando um balão estratosférico. O projeto tem como objetivo, além de verificar o aprendizado dos referidos alunos na disciplina de Eletrônica para Aplicações Espaciais (ELE-27), ministrado pelo Professor Tertuliano Ribeiro, coletar dados de pressão, temperatura e intensidade do campo magnético terrestre, bem como a obtenção de dados de telemetria e status de funcionamento dos instrumentos embarcados em tempo real, por meio de uma estação de solo móvel. O projeto, além de servir como protótipo de voo e validar conceitos para posteriores missões mais complexas, permite que os dados obtidos sejam utilizados em modelos de estudo da atmosfera.

02 Capa IAE 1260 INTRA

“Esse projeto foi iniciado em 2019 e acelerado em 2020 com o apoio do ITAEx. Com a pandemia, foi adiada a sua execução para 2021 e considero que tivemos grande êxito com os resultados obtidos e o aprendizado foi grande. Nossa proposta é aproximar os alunos, do curso de ELE-27 do ITA, ao ambiente experimental da teoria ministrada nessa matéria e outras do curso de Engenharia Aeroespacial. Agradeço aos alunos pelo empenho, ao ITAEx pelo apoio financeiro, ao IAE pelo apoio logístico e pela parceria e a ETSYS por disponibilizar o projeto do Cubesat” diz o Professor Tertuliano Ribeiro, idealizador do projeto.

O ITACUBE 2021 foi desenvolvido ao longo do primeiro semestre, paralelamente às aulas teóricas da disciplina. Abordou desde a parte inicial do projeto, como a fase de definição do escopo de missão, definição de requisitos, arquitetura física e especificações até a fase de montagem e integração do protótipo de voo, onde os alunos efetivamente foram desafiados em implementar os conhecimentos obtidos na disciplina. Após a análise dos dados e recuperação da carga, que retornou em segurança para o solo por meio de um sistema de recuperação, a missão foi considerada um sucesso. As próximas etapas consistirão na análise mais detalhada dos dados coletados, implementação de aprimoramentos detectados por meio de lições aprendidas e incorporação de novos sensores.

04a IAE 1186 INTRA 04 IAE 1206 INTRA

05 IAE 1270 INTRA 06 IAE 1273 INTRA

O Capitão Especialista em Meteorologia Alexandre Santos de Souza (Coordenador da Campanha de Radiossondagem Atmosférica – ACA 2021) destaca que “houve a participação de todos os integrantes da ACA no apoio à Campanha de Radiossondagem, propiciando o treinamento de técnicos em meteorologia para apoio às missões de campo e importantes dados para o avanço das atividades de pesquisas em meteorologia aeroespacial no âmbito do DCTA”. Ressaltou ainda o avanço a ser alcançado em pesquisas utilizando novos equipamentos como o sistema de sensores radiômetros de radiação ultravioleta UV-A, UV-B e UV-TOTAL, conjunto de sensores que permitirão a análise particular nessa faixa do espectro eletromagnético. “Estas medidas são importantes para o acompanhamento da variação da radiação proveniente do sol e seus efeitos na alta atmosfera, proporcionando estudos sobre as variáveis meteorológicas na superfície, como o aumento da precipitação pluviométrica, sua relação com o aumento da intensidade de radiação ultravioleta e ainda, no comportamento da nebulosidade e temperatura, podendo trazer desenvolvimento com resultados positivos para as teorias de clima espacial e na melhoria do conhecimento em previsões meteorológicas”.

07 IAE 1228 INTRA

“A realização de projetos deste tipo contribui de forma extremamente positiva para o aprendizado, não só solidifica conhecimentos, bem como desenvolve capacidades essenciais para os futuros engenheiros como estruturação de problemas, trabalho em equipe e validação de conceitos segundo uma abordagem multidisciplinar” diz o Capitão Carlos Amaral, um dos alunos responsáveis pelo projeto esse ano. O Aspirante Joliver Kozlowski, outro aluno responsável pela execução do ITACUBE 2021 ressalta “Espero que o projeto possa continuar nos próximos anos, para que as turmas seguintes tenham oportunidade de viver essa incrível experiência de projetar e lançar um cubesat em balão estratosférico".

O projeto ITACUBE recebeu apoio financeiro da Associação de Ex-Alunos do ITA (ITAEx) e no dia do lançamento foi prestigiado com a presença do Diretor do IAE, Brigadeiro do Ar César Augusto O´Donnell Alván, do Chefe da Subdiretoria Técnica do IAE, José Luis Garzon Lama, do Chefe da Divisão de Ciências Atmosféricas do IAE, Cel R1 Cleber Souza Correa e do Eng Alexandre Oliveira, representante regional da Agência Espacial Brasileira (AEB).

O Diretor do IAE, Brigadeiro do Ar O´Donnell, afirma que “a Direção do Instituto tem apoiado as recentes aquisições de equipamentos meteorológicos de última geração e é grande a satisfação em verificar estes equipamentos em operação sabendo que muito contribuirão no avanço das pesquisas em meteorologia aeroespacial e também poderão apoiar outros Institutos de pesquisa do DCTA, FAB e do Brasil”.

Fim do conteúdo da página